Âncora, mar, barco. Maré calma nunca fez bom marinheiro.

No início o post era mais profundo, menos coisa de adolescente perdida, vou tentar voltar as origens. Ainda estou perdida, mas vou falar mais sobre sensações e tentar fazer com que entendam. As vezes me sinto perdida e tenho medo. Sinto um vazio no peito... um buraco oco, frio e escuro. Sonho com ele as … Continuar a ler Âncora, mar, barco. Maré calma nunca fez bom marinheiro.

Respira, inspira, transpira,não pira.

Ser humano é muito pirado mesmo. Bicho problemático. Você sabe, sabe que te faz mal, sabe que fica na bad, que vai dar merda... sabe, sente, instinto, hormônio, visagem... mas sabe. Sabe e faz. Sabe e persiste na burrice, e desafia a si mesmo, e protela o improtelável, tenta, transpira e acaba pirando de vez. … Continuar a ler Respira, inspira, transpira,não pira.

Enfim dezembro. Normalmente eu fico um pouco deprimida no natal, questiono os inúmeros porquês, a energia inercial que movimenta as ações das pessoas. Este ano eu estou decepcionada, como todos os outros, se é que isso é possível, porém menos deprimida, isto é bom, mas também pode não ser um bom sinal. Não sou perfeita, … Continuar a ler