Jogar pra perder? Não é comigo!

Posso sentir saudades de sentir e mesmo assim preferir ficar só? Posso romantizar tudo, sonhar com meu próprio conto de fadas e simplesmente acreditar que pode acontecer comigo também? Posso me negar a receber menos do que mereço, a viver menos do que desejo, posso decidir esperar? Qual é o problema da espera afinal? Porquê … Continuar a ler Jogar pra perder? Não é comigo!

Âncora, mar, barco. Maré calma nunca fez bom marinheiro.

No início o post era mais profundo, menos coisa de adolescente perdida, vou tentar voltar as origens. Ainda estou perdida, mas vou falar mais sobre sensações e tentar fazer com que entendam. As vezes me sinto perdida e tenho medo. Sinto um vazio no peito... um buraco oco, frio e escuro. Sonho com ele as … Continuar a ler Âncora, mar, barco. Maré calma nunca fez bom marinheiro.

Sei lá

Essa semana eu estou esquisita. To gostando do meu peguete... Ele tem uma aurea legal, a boca dele é gostosa, ele é alto, bonito, moreno, sensual... Mas por incrível que pareça não é a solução dos meus problemas. Quando eu digo que não quero romance... Não quero. Porque ta tenso, porque eu ainda amo o … Continuar a ler Sei lá