Eu sou o espelho do outro.

Nos mutilamos todos os dias, quando não olhamos os outros nos olhos. Quando não nos inclinamos, quando não nos preocupamos. Há tanta coisa lá fora, há tanto a se descobrir... estamos tão perdidos nessa trip louca. Esquecemos quem somos, quem fomos, pra onde voltaremos. Meu irmão sangra na minha frente e eu não vejo, ele … Continuar a ler Eu sou o espelho do outro.

2017

Nesta jornada que se inicia, 2017, um ano para se colher, um ano para se escolher. Entender que seu destino esta em suas mãos unicamente. Jogar-se no universo das opções e decidir... ser quem você deseja ser. Não preciso de mais nada além da minha força de vontade, amor e fé. As circunstâncias são tão … Continuar a ler 2017

Âncora, mar, barco. Maré calma nunca fez bom marinheiro.

No início o post era mais profundo, menos coisa de adolescente perdida, vou tentar voltar as origens. Ainda estou perdida, mas vou falar mais sobre sensações e tentar fazer com que entendam. As vezes me sinto perdida e tenho medo. Sinto um vazio no peito... um buraco oco, frio e escuro. Sonho com ele as … Continuar a ler Âncora, mar, barco. Maré calma nunca fez bom marinheiro.