Jogar pra perder? Não é comigo!

Posso sentir saudades de sentir e mesmo assim preferir ficar só? Posso romantizar tudo, sonhar com meu próprio conto de fadas e simplesmente acreditar que pode acontecer comigo também? Posso me negar a receber menos do que mereço, a viver menos do que desejo, posso decidir esperar? Qual é o problema da espera afinal? Porquê … Continuar a ler Jogar pra perder? Não é comigo!

“Vivre” libre 

Se realmente tens asas, voa. Se realmente tens pernas, caminha. Se realmente tens olhos, enxerga. Se realmente tens alma, sente. Se realmente sentes, tu vive. Naqueles olhos negros eu vi mais que 5 céus abertos, mais que portais divinos, mais que fronteiras de corpo alma e espírito. Naqueles olhos eu encontrei metade das respostas, a … Continuar a ler “Vivre” libre