Para a outra

Oi, não sei se você sabia da minha existência, não sei se você sabia que ele tinha uma namorada… com quem namorava a 7 anos. Talvez ele tenha sido seu amigo assim como foi comigo, talvez ele tenha te dito que não dava mais certo, que ele não me amava mais, que não tínhamos mais nada a ver. Ouvi isso uma vez, o incentivei a terminar, mas nunca fui a outra.

Ele também te traiu, não sei se sabe, mas traiu, comigo, e eu não sabia de você… sempre acreditei nele então você foi uma surpresa que eu descobri um mês depois. Não tenho raiva de você… nem ódio, não te desejo o mal, mesmo que soubesse da minha existência não desejaria, não consigo.

Eu desejo justiça, isso eu desejo, pra mim e para vocês. Quando vi a foto de vocês juntos, uma semana depois de ele dizer que ficaria sozinho por não encontrar ninguém… chorei. Fiquei três meses sem ter vontade de conhecer ninguém diferente, fiquei chocada em ver que você é tudo o que ele sempre quis. Tudo o que eu não fui.

Não sei se ele falou de mim pra você, não sei se ele te disse que terminou comigo por whatsapp, não sei se ele disse que me acusou de traição, mesmo sabendo que estava me traindo. Ele me causou tamanha dor, e espero que não cause a você. Não sei se um dia vai ler isso… provavelmente não deve nem ligar para minha existência, mas para registro do universo, só quero que a justica permaneça.

Adeus.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s