Fênix

A ex namorada do meu ex namorado, a antecessora a mim, curte meus posts sobre traição e essas coisas. Na cabeçinha dela, o meu ex traiu ela comigo. Não foi bem assim, ele não foi tão leviano com ela, muito menos eu. Mas isso me faz ficar pensando sabe? Caramba fazem oito anos que isso aconteceu, tanta coisa mudou e ela ainda esta torcendo pra que eu me foda?

Não quero ser assim não. Quero deixar ir. Deixar ser. Ficar torcendo e me alegrando com o sofrimento alheio? Ficar presa no passado… não, não quero.

Em contra partida, esse empate entre eu e o preto esta caminhando ao fim. Uma hora a gente vai ter que aprofundar as coisas, e eu não sei se quero, fico indecisa, e toda vez que decido ele faz algo que me faz repensar tudo de novo… talvez seja um sinal cósmico de que não é pra ser… sei lá.

Ficam perguntando se a gente namora, namorar a agente não namora, mas é cada atitude de namorado que a gente tem. E eu penso nele sempre, falo dele sempre, lembro dele sempre… mas não é paixão, ainda não, é carinho. Esses dias eu estava abraçada com ele e pela primeira vez depois de tudo o que rolou eu senti algo como estar em casa. Embora o abraço dele sempre me acalmasse… foi diferente dessa vez.

Talvez as coisas não sejam eternas. Não sejam para ser pra sempre. Eu queria que fossem. Nunca achei que namoraria um montão de pessoas, nunca achei que teria que recomeçar do zero aos 24, mas somos isso, fênix. O que tiver de ser será. Das cinzas a vida.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s