Abuse e use

Estou me deixando ser usada, pra anestesiar a dor. Tão desesperada pra esquecer, que o desespero nos faz fazer coisas irracionais.

Quero tanto esquecer e parar de sentir saudades. Quero parar de sentir na verdade, tem dias que eu simplesmente não quero sentir nada. Nem saudade, nem medo, nem dor, nem nada.

E aquela música infernal que ele cantou pra mim na primeira declaração ” quem vai ver o tempo passar e as mudanças ao nosso redor… Te conhecer saber como é você…” fica repetindo e repetindo na minha cabeça, como um mantra do capeta… Me lembrando que um dia alguem quis me conhecer, conheceu, acabou comigo e foi embora.
Não sei quanto tempo mais vocês vão aguentar, caros leitores, a gangorra que minhas emoções são… Mas, quem é que liga?

Beijos.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s