O número de anos que perdi/passei ao lado dele.

image

Sete. Vezes setenta. O numero de vezes que eu deveria perdoar meu semelhante diariamente. Perdão. Palavra usada para dar a alguem a graça, o amor, a dadiva de ter seu delito absolvido. Graça. Aquilo que vem sem merecimento, sem paga, sem troca, veio e pronto. Amor. Não dá pra ser descrito, explicado, tem que ser sentido, vivido, feito, dado, ganhado.

Na montanha russa da vida, eu estou no túnel debaixo da estrada. Não sei de nada, não vejo nada. Não tenho certeza de nada por mais de 5 minutos. Minha cabeça esta a mil.

Penso logo existo? Penso demais logo desisto isso sim. Sabe a confusão domina tanto que esta difícil simplesmente viver um dia de cada vez. Ansiosa por algo que nem sei o que é… Ansiosa pra sair da bad logo. Mas porquê? Maré calma nunca fez bom marinheiro.

Vi essa frase num instagran de alguém por ai, curti, achei valida. Pra que fugir dos problemas não é mesmo? Quanto mais fugimos… Mais eles chegam. Cada vez a vida me ensina a enfrentar tudo de peito aberto, o riso e a lágrima… Tudo tem seu sentido. Mas ai que está… A gente não pode procurar o sentido das coisas. As lições vem do processo de aprender e não num plim louco do nada.

Hoje senti saudade, sinto todo santo dia. Hoje lembrei dele, hoje aceitei que lembrei e não me martirizei por isso. Não vou esquece-lo. Não vou odia-lo. Estou bem hoje, apesar dos pesares… Viva e bem. Gracas a deus.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s