Sou hipócrita.

images

 

Sou hipócrita. Queria poder amar a todos, queria ter esse dom. Queria respeitar todas as escolhas, queria não me incomodar com as asneiras que ensinam aos outros, nem com a forma brutal que invadem vidas, mudam palavras e pintam-se perfeitos. Queria poder fingir, queria poder esconder.

As vezes me calo, fico meses sem falar nada, só lendo os absurdos… que leio todo dia na timeline. Já deletei, bloqueei e todos os eis possíveis, mas parece que essa gosma se multiplica entre os que menos espero. Sou hipócrita porque acredito no Deus do amor e da misericórdia, acredito na misericórdia para muitas das pessoinhas da terra… mas para esses que se rotulam sãos, justos, corretos, seguidores da verdade… não acredito.

Queria mesmo para eles a justiça, a justiça que tanto aplicam nos outros, queria que conhecem o deus castigador, castrador e negociante que pregam. Sou hipócrita… e estou errada. Estou tão errada quanto eles, e acho que mais porque eu gosto de detesta-los, gosto de não ter nada a ver com eles… e talvez isso me faça tão parecida com os mesmos.

Cara eu não vou ficar com demagogias, tenho mágoas, tenho ódio, tenho raiva, muita raiva. Parte de mim entendeu sobre o Deus que não espera nada de ninguém, que não queima você vivo porque não foi pro culto, nem te dá bençãos porque você ficou 30 dias vivendo de pão e água, mas eu queria um pouco desse deus pirotécnico sabe? Queria ver esse bando de gente ruim, pior do que eu (olha a hipocrisia ai de novo) queimando no mármore da justiça maldosa, queria vê-los se afogando no próprio veneno, morrendo aos poucos as mínguas do esquecimento.

Não posso julgar, mas julgo, não posso odiar, mas odeio, e não vou mentir dizendo que odeio somente as atitudes, odeio as pessoas mesmo, elas e tudo o que praticam, suas vozes me enojam, só de lembrar que um dia pertenci aquilo me da vergonha. Sou tão errada, sou tão má quanto eles. O mal que não quero fazer, sempre faço. Descobri que a minha cruz, é amar os crentes.

O que fazer pra mudar? Não tenho a mínima ideia. Vocês perceberam que as vezes tenho recaídas, kkkk é uma luta constante ama-los… desejar que sejam felizes e libera-los de mim. Na verdade eu quero me ver livre deles… não indiferente, livre. Não sei, acho que ser legal parece falso, que falar parece desesperado, que se calar parece indiferente, vou esperar então. Falar com Deus todo dia, e libera-los. Quem sabe um dia desses Deus não me ensine a ama-los, assim como ele me ama, sendo hipócrita, revoltada e tudo isso ai?

Quem sabe um dia… essa é a esperança.

Valeu o desabafo. Beijo da Nega.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s